Razão ...

RAZÃO ...


O conhecimento que recebemos, na maioria das vezes, não tem muita relação com a nossa história, no máximo tem relação com a nossa formação profissional.

Aprendemos a acumular conhecimentos, aplicar fórmulas, analisar teorias, repetir regras ...
Todos esses eventos têm relação direta com a nossa história pessoal, nossos sonhos, expectativas, projetos, relações sociais, frustações, prazeres, inseguranças, dores emocionais e até crises existenciais.
Adquirir essas experiências e vivê-las a tal ponto de segurar as lágrimas para que não derramem, estar preso a pensamentos nunca revelados, ter temores não expressos, palavras não ditas, inseguranças comunicadas e reações psicológicas não decifradas, são àquelas em que aprendemos na escola da existência. É nessa escola que deixamos raízes, saudades e memórias infindáveis.
É vivendo com cada experiência, que aprendemos a lidar com ela.
Por todos esses motivos, a razão desse espaço é dividir aprendizagem, oportunizar leituras, e claro, me exercitar na escrita e na comunicação.

Seja muito bem vindo!


terça-feira, 31 de julho de 2012

VOCÊ 1234

Fiz um treinamento há mais de um tempo atrás chamado VOCÊ. Trata-se de técnicas da Programação Neurolinguistica (PNL) onde se usa “algumas metodologias e ferramentas desenvolvidas para gestão de pessoas”. Dessa forma eles conduzem a pessoa “a um encontro com a sua essência mais pura, alcançando um equilíbrio de suas emoções para compreensão de seus comportamentos e atitudes que definem os seus relacionamentos pessoais e profissionais."

É realizado em um final de semana com entrada na sexta após às 18h e saída no domingo após o almoço. Eles definem esse final de semana como “fechar os olhos para o mundo e abrir para dentro de si”. Achei lindo esse conceito.

Durante o processo, são aplicados “conceitos, técnicas e exercícios de aplicação prática, baseadas nos 4 pilares de sustentação do desenvolvimento humano: auto estima, inteligência emocional, comunicação e relacionamentos.

Bento Gonçalves o idealizador desse projeto faz como chamada principal no seu site: “Seu mundo muda quando você muda”. Forte isso não?


No dia seguinte ao treinamento, há um encontro em uma Pizzaria qualquer onde são realizados os depoimentos dos participantes e depois o jantar. O VOCÊ hoje está no 46, eu fiz o 29 e foi a primeira vez que fui na pizza e cheguei antes dos depoimentos. É interessante como as pessoas sentem a necessidade de dividir as experiências obtidas e contam casos curiosos e até emocionantes. Óbvio que outros ainda não vencidos pela timidez, ou ainda pelo fato da “ficha” não ter caído, se resguardam no direito de não se manifestar e guardam para si o turbilhão de sentimentos aflorados.

Pós treinamento, saímos um pouco abatidos, também leves e alegres. O final de semana não é uma colônia de férias, também não é um confessionário, divã ou purgatório. Você só faz o que quer e pode pedir sua grana de volta se não gostou de nada do que te sucedeu. Pode pedir pra sair, mas vai ficar em êxtase se conseguir ficar. As promessas de bons fluidos se realizam e é difícil não se emocionar. Difícil.

Cheguei como uma galinha choca. Brava. Como se tivesse um monte de pintinhos a cuidar. E fazia cara de paisagem a tudo que acontecia. Não fui ali pra chorar, muito menos pra contar da minha vida. Queria saber que horas iríamos comer, tomar sol e dormir. A minha sorte foi que participei de tudo de coração aberto. Então não estanhei quase nada. E fui arrebatada.

Em uma dinâmica, no sábado, sob as mãos do Pedro abri meu coração e ouvi o seu. Depois disso não desgrudei dele. Vez ou outra nos falamos por e-mail ou mensagem e até hoje não consigo explicar esse amor que sinto por ele: grande, livre, incólero.

Ontem, na pizza, reacendeu a chama das âncoras a que fui submetida e me peguei de boca aberta ouvindo os depoimentos. Queria o Pedro ali, acredito que ele poderia gostar. Fechei a boca e me sentei na hora do jantar, próximo a uma recém treinanda e uma amiga. Amiga psicóloga. Ficamos de papo cabeça até a hora do sorvete. Cultura fez um bem né?

Além do VOCÊ, eles tem o DIAMOND e o PRACTITIONER. O primeiro é sua relação com as pessoas. O segundo é a relação das pessoas com você e o último é um curso apostilado sobre como, porque e quando cada técnica de PNL pode e deve ser usado de forma a facilitar a comunicação emissor x receptor.

A proposta é tentadora. Eles chamam o custo como investimento pessoal e é mesmo. E tudo o que devemos é investir na gente mesmo, afinal  - basicamente - todo mundo quer ser feliz, ter um pouco de grana, família, ser respeitado e ter saúde.

Cada um deve buscar à sua maneira.
“Você é responsável por você”.
Ninguém pode ser feliz no seu lugar.

Mas se achou esse texto autobiográfico totalmente desconexo ou desnecessário, na faz mal. Tudo é uma questão de ponto de vista. Para as lagostas vivas da cozinha do Titanic, o naufrágio foi o milagre.


Uma semana MA-RA-VI-LHO-SA.

15 comentários:

  1. Transmitiu muito bem nosso fim de semana, obrigado por compartilhar conosco seu tempo e habilidade critica.
    Belo texto.
    Renato Naves 1234 - 29

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu depoimento.
    Parabéns!! Vou repassa-lo aos meus amigos vocenianos, e aqueles que ainda querem fazer o treinamento.

    1234!!!

    Anely

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Anely.
      Beijos.
      1234. Sempre.

      Excluir
  3. meu nome e Ângela eu estou ansiosa para participar de um curso de vc e a cada vez que eu leio verifiquei em muita citações os números 1234 o que significaram? estou amando tudo que leio e mudando minha vida agradeço a quem poder me dizer o que seria 1234.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ângela.
      Não posso abrir o presente por você.
      Ele é todo seu.
      Vai lá você mesma e, abra.
      Beijos.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Incrivel sua descrição... voce é MA-RA-VI-LHO-SA...participei do VC46 e aproveito para te convidar para pizza amanha as 19:59 !! Sera muito bem-vinda. 1,2,3,4

    ps: Angela... para descobrir o que é 1,2,3,4 participe do treinamento.... voce com certeza merece essa experiencia. Dica... na região de Dourado o proximo será o vc 47 que inicia dia 22 de novembro.

    beijo Daniela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nínive está se sentindo MA-RA-VI-LHO-SA!
      Beijos,
      1234. Sempre.

      Excluir
  6. Belo texto, esclarecedor. Desde o ano passado (2013) estou me programando para fazer este treinamento, mas a grana nunca dá. Já estou pra fazer uma dívida e correr o risco de ficar inadimplente para fazer este treinamento. Tem alguma sugestão? Rs... Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho.
      Vai lá buscar seu presente.
      E me avise quando for!
      Beijos, saudades.

      Excluir
    2. Rs rs rs... acho que ouvi o que eu queria. Sou de Goiânia- Go e aqui o treinamento é número 67. Então, sinta-se avisada, estou indo. Obrigada, obrigada, obrigada!

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Meu nome é Nana acabei de fazer o curso esse fds VOCê 105, em Cuiaba -MT. Me permitir, me entreguei e foi maravilhooooso, so tenho coisas positivas a dizer, eu ainda fico pensando nos momentos maravilhosos que passei,e cada sensação única, não á explicações. So tenho algo a dizer quem está curioso pra saber oq acontece la. Vá e descubra pq o presente que você terá, JAMAAAIS irá esquecer...
    Abraçoooooooooo 1234 ;**

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Agradeço de coração a você que me lê e que expressa em palavras sua demonstração de afeto e carinho. É um prazer receber a sua visita. Muah!